Eterno trapalhão: Dedé Santana lembra de Ary Fernandes

Sobre o filme de 1981, além da saudade de Mussum e Zacarias, o que mais vem à lembrança é a experiência na direção de algumas cenas. “Toda aquela parte dos Estados Unidos fui eu que dirigi. Antes de ser ator, tinha o sonho de ser diretor e fiz um curso com o Ary Fernandes, que criou a primeira série brasileira, ‘Vigilante Rodoviário’”, disse Dedé Santana em entrevista.

O Vigilante Rodoviário no desfile da Águia de Ouro em São Paulo

O Vigilante Rodoviário no Carnaval 2017

O Vigilante Rodoviário foi destaque no desfile de Carnaval 2017 da Escola de Samba Águia de Ouro (Grupo Especial). Águia de Ouro encerrou o primeiro dia de desfiles em São Paulo com uma homenagem aos cachorros e uma mensagem de proteção a todos os bichos. Tanto que nenhuma das fantasias utilizou penas ou outros materiais de animais.

Portal JWS: Memória: O “Vigilante Rodoviário” teve uma aventura no Paraná em 1961

A série “O Vigilante Rodoviário” teve um episódio gravado no Paraná. O primeiro herói de séries da tevê brasileira, o inspetor Carlos, era um policial que percorria as estradas a bordo de um Simca Chambord ou em uma moto Harley-Davidson, ajudando as pessoas na companhia do pastor alemão Lobo. Com 38 episódios, “O Vigilante Rodoviário”, dirigido por Ary Fernandes, foi ao ar pela TV Tupi.

Polícia Militar do Estado de São Paulo: Canção do Policiamento Rodoviário

Miguel Arcanjo Prado: Fernanda Montenegro e Vigilante Rodoviário dominam noite no CineOP em Ouro Preto

A noite desta sexta-feira (24) na 11ª CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto foi dominada pela maior atriz do Brasil, Fernanda Montenegro, e também pelo herói infantil dos primórdios da TV brasileira, O Vigilante Rodoviário. Em sessão ao ar livre na praça Tiradentes, coração de Ouro Preto, o público assistiu a três episódios da célebre série O Vigilante Rodoviário, pioneira neste formato no Brasil, exibida na década de 1960 pela TV Tupi sob direção de Ary Fernandes.

Almanakito da Rosário: CINEOP 2016

Carlos Miranda e Fernando Fernandes destacaram o pioneirismo da série O VIGILANTE RODOVIÁRIO, que colocou um produto 100% brasileiro em nossas TVs. O ator deu amplo destaque ao cão LOBO, parceiro fundamental (e amado pelas crianças) em suas aventuras policiais como inspector de estradas. Antônio Leão lembrou que — por ter sido integralmente produzida em 35 mm — a série, com episódios que duravam em média 25 minutos, pôde chegar aos cinemas em forma de longas-metragens (com quatro episódios cada um).

11ª CineOP – CINEOP – MOSTRA DE CINEMA DE OURO PRETO